foto em preto e branco, silhueta de uma mulher sentada na janela com uma criança no colo mamando. A luz entrando pela janela, ao fundo galhos de uma árvore.
Amamentação,  Poesia,  Puerpério

Amamentar

Gestar, parir e amamentar. Posso dizer que, pra mim, essas são as três fases mais impactantes que envolvem um nascimento. 3 formas intensas e maravilhosas de conexão-nascimento entre mãe e filho. Cada uma com suas delicias e desafios. E fui além, sigo na amamentação prolongada até, não sei quando…

As três fases

Primeiramente o gestar; é quase imaginário, tenho pra mim que só acreditamos que temos um filho quando ele de fato nasce e você o segura nas mãos pela primeira vez.

Depois parir; é uma travessia deliciosamente caótica e transformadora. Você vira bicho, faz a conexão entre os dois mundos. A ficha caí, você toca o seu filho.

Por último amamentar; é o olho no olho, a troca de afeto em forma de leite. É nutrir em forma de amor, é o silêncio das noites em claro… é a pausa em tudo.

Kau Gael ensaio BX 13 1024x684 - Amamentar

Eu gestei, pari e ainda amamento. Ainda me permito estar nesse lugar. Até quando? Não sei… não sabemos… até quando for confortável para ambos. Até o nosso desmame. Pelos caminhos da vida, imaginei que esse momento estivesse perto – não por nossa escolha. Isso me deixou um pouco perdida! Não imaginava essa possibilidade.

Foi então que me permiti um forma de eternizar esses momentos, se é que é possível de alguma forma deixar palpável esse sentimentos. E sim, foi! Pelas lentes amorosas da Bia Takata consigo sentir e me levar para esse lugar que tanto me representa nesse meu ciclo. Vejo o nosso amor, cumplicidade e ternura em cada clique.

Kau Gael ensaio BX 15 684x1024 - Amamentar

Desmame gentil

Ainda não desmamamos, mas essas fotos representam minha passagem… quando acontecer, enfim sinto-me pronta. Ter esses registros vão sempre me levar de volta para esse lugar. Vão me lembrar o quanto fomos fortes, o quanto fomos um, dois, amor e muito leite! Poderei finalizar esse ciclo em paz. Por isso foi tão importante…

Capturar - Amamentar

Gratidão

Não tenho palavras para agradecer a delicadeza do olhar da Bia. Essa mulher incrível e doce, que consequentemente retrata com perfeição a vida!

Agradeço a tudo que me levou até esse lugar, a minha força, empenho e dedicação para que fosse possível ao apoio e acolhimento que recebi – e busquei – desde o início da gestação. Enquanto num primeiro momento me disseram que não poderia amamentar, eu mostrei que era possível e sigo nesse lugar.

Celebremos sempre! Muito amor! Muito peito! E muita vida! Com amamentação prolongada sim até o fim, enquanto estivermos confortáveis…

Kau Gael ensaio BX 51 1024x684 - Amamentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *